Você tem suor em excesso?

Um dos problemas mais comuns e que acomete muitas pessoas principalmente na época do verão, é a hiperidrose, ou seja o suor em excesso.

O que mais incomoda em relação à hiperidrose é o fato de a pessoa colocar uma roupa clara, seja para uma entrevista ou encontro, e acabar ficando bem marcada aquela pizza embaixo do braço, e isso não é nada agradável.

Até mesmo profissionais que usam luvas no trabalho, que começam a transpirar muito na região das mãos, ou pessoas que suam muito na testa, o que atrapalha principalmente as mulheres na hora de colocar uma maquiagem.

Tratamento para hiperidrose

Em pacientes no qual a hiperidrose está no início, utilizamos tratamentos conservadores, como alguns antitranspirantes mais potentes, porém isso nem sempre ajuda todas as pessoas que sofrem, e algumas estão em estágios mais avançados.

Nos casos mais extremos costumo indicar a toxina botulínica, principalmente na época do verão. Realizando nessa época você obtém o auge de funcionalidade da toxina.

A toxina botulínica bloqueia a liberação das glândulas de suor, melhorando e perdurando um resultado que pode durar várias épocas do ano, desse modo a sua qualidade de vida melhora muito. Temos vários casos em que os pacientes até param de utilizar o antitranspirante.

É um tratamento cômodo, com uma anestesia rápida e que não causa nenhum trauma ou incômodo maior à pele, sendo uma solução simples e com um procedimento muito bom, que chega a durar perto de um ano.

Comece o tratamento o quanto antes!

Essa opção de tratamento é uma indicação minha para essa época do ano, porque desse modo você consegue evitar ao máximo qualquer tipo de constrangimento relacionado a esse problema com o suor.

Você tem algum problema com a acne também? Clique aqui para conhecer o tratamento!

Dr. Rafael Marques

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Suor em excesso? Conheça os tratamentos indicados!

A acne cosmética pode ser solucionada facilmente!

Vocês já ouviram falar de acne cosmética? Se não, tenho certeza que já viram as acnes cosméticas, mas não sabiam de fato que eram.

A acne cosmética são todas aquelas espinhas que são causadas por produtos, como cremes, hidratantes, protetor solar e maquiagens. São produtos que após o uso, geram diversas espinhas de uma vez só.

Principalmente na época do verão onde todos nós vamos a praia, usamos hidratantes, óleos corporais e protetores solares não adequados corretamente ao tipo de pele. Esses produtos geram manchas nas costas, braços e até a testa.

Em alguns casos, a acne pode ser adquirida através dos shampoos ou óleos com função hidratante, e isso pode ser melhorado através do produto adequado para sua pele.

É comum no verão, as pessoas comprarem protetores solares que não condizem e nem visam uma proteção da sua pele, e isso é um problema grave, que pode gerar várias manchas e acnes na face, nas costas e ombros.

O ideal, é verificar qual o protetor solar indicado para a sua pele, assim como os cremes, hidratantes e até mesmo as maquiagens diárias que são adequadas para a sua superfície cutânea da face.

Avaliar a diferença de uma espinha com causa hormonal para uma acne causada por produtos que você pode estar utilizando diariamente, e muitas vezes, uma simples troca de produto, pode ser a solução para o seu problema, que é a acne cosmética.

Tome conta do seu contorno facial também! Saiba as indicações e tratamentos clicando aqui!

Um abraço,

Dr. Rafael Marques.

 

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Acne cosmética – O que é? Saiba as causas e como resolver!

Fique atento as manchas e pintas, ajude a prevenir o câncer de pele!

Depois do Outubro rosa e do novembro azul, estamos no Dezembro laranja, um mês muito importante para lembrarmos das campanhas de prevenção ao câncer de pele.

O instituto nacional do câncer fez uma pesquisa, onde foram constatados 176 mil casos de câncer de pele por ano, sendo um número muito expressivo; A prevenção é sempre o melhor tratamento e quanto antes ela for iniciada, mais fácil se torna os procedimentos e melhor os resultados desse tratamento.

O autoexame é algo extremamente simples, contanto com 5 itens que devem ser citados:

  • Assimetria nas pintas e manchas.
  • Bordas das pintas irregulares.
  • Pintas escuras e irregulares.
  • Diâmetro das pintas.
  • Evolução da pinta.

Esses 5 itens fazem parte do autoexame, porém, o diagnóstico só pode ser realizado por um dermatologista.

Aqui no consultório nós temos um olhar mais apurado para esses itens utilizando de um dermatoscópio que é uma lupa de grande aumento, onde é analisado a assimetrias, as bordas, pintas irregulares, diâmetro da pinta e você irá me contar como foi a evolução desta pinta.

Além do dermatoscópio, exames como o mapeamento digital de todas as suas pintas, onde é realizado uma vez ao ano e serve como um documento para acompanhar a evolução dessas pintas e sabermos a hora de tirar ou começar um tratamento.

A prevenção do câncer de pele, é extremamente importante e deve ser aqui no consultório que ela deve ser feita.

Então agora que estamos no Dezembro laranja, é a hora de você olhar as suas pintas e a dos seus filhos, e vir aqui no consultório para prevenir e tratar essas pintas.

Um grande beijo!

Dra. Juliana Romanini.

Sua pele está desidratada? Conheça um tratamento para acabar com esse incômodo. Clique aqui!

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Dezembro Laranja: Prevenção e combate ao câncer de pele

News