remoção de tatoos

Como fazer remoção de tatuagem

Como fazer remoção de tatuagem?

Antes de fazer sua tattoo…

Tatuagem é um assunto muito polêmico e muito discutido. Em qual parte do corpo fazer, qual o tamanho, qual o profissional, qual o desenho e, principalmente, qual o motivo para se fazer uma tattoo. Quando se fala nos mais jovens, abaixo dos 18 anos, quando é oficialmente necessária a autorização dos pais, aí o assunto fica ainda mais sério e pode causar longas discussões. Por isso o assunto tatuagem vai muito além da escolha do local do corpo ou do desenho.

Arrependimento: 50% dos tatuados gostariam de voltar atrás

Quando a tatuagem não foi bem pensada, refletida ou feita por impulso, ela pode causar grandes problemas. Antes de tatuar não pensou se seria possível fazer a remoção de tatuagem? Claro que ninguém faz uma tatuagem pensando em tirar depois. Quantos amigos (ou mesmo você) se arrependeram de ter feito ?  Imagine acordar todos os dias da sua vida, olhar no espelho e ver uma tatuagem de um amor que se acabou, ou um desenho mal feito que virou piada entre os amigos? E se, para piorar, escolheu um local que nem pode ser  escondido  pela roupa? A revista médica “Lancet” fez um estudo que apontou que 50% dos tatuados gostariam de voltar atrás.

Riscos

Além do aspecto emocional, fazer uma tatuagem apresenta vários os riscos do ponto de vista da saúde, com relação a doenças. Para diminuir esses riscos vão aqui algumas dicas:

– O profissional

Escolha sempre um profissional qualificado, peça indicação, veja seu trabalho, se você gosta e se as pessoas aprovam, pesquise na internet sobre ele para ver se não tem nenhuma reclamação. Exitem excelentes tatuadores, mas os péssimos estão por aí também. Não dê sua pele para um amador, pois o estrago pode ser grande. Lembre-se: sua pele é uma tela em branco e o tatuador é o artista que vai ou não fazer uma obra de arte nela.

– Materiais esterilizados

Certifique-se de que ele utilize sempre material esterilizado, assim você evita doenças transmitidas pelo sangue, como tétano, hepatite B e hepatite C. Ainda podem surgir outros problemas: infecções, queloides, granulomas. Fiquem atentos a ocorrência de vermelhidão, inchaços, dor e secreção. Se tiver alguma dúvida, procure um médico.

– Tintas

As tintas devem ter uma atenção especial também. Existem diversas marcas, mais caras, mais baratas, de boa qualidade, de má qualidade. Verifique a procedência da tinta que será utilizada em sua tatuagem, pois é ela que vai ficar na sua pele.

– Evite vermelho, amarelo e nunca use a cor branca

É importante saber também que o vermelho e o amarelo são mais suscetíveis a causar reações alérgicas. Evite essas cores. Além disso, quanto mais cores forem utilizadas, mais difícil vai ser a remoção em caso de um arrependimento.

Nunca use a cor branca. Ela funciona como uma barreira, fazendo um filtro que impede o laser de penetrar na pele e apagar as cores debaixo dela.

Se arrependeu??? Calma!

Se bateu aquele arrependimento, nós temos duas opções:
1- Cirurgia plástica, quando você vai trocar a tatuagem por uma cicatriz.
2- Laser. Os lasers de última tecnologia têm um excelente resultado. Tatuagens de mais ou menos 6 ou 8 centímetros são removidas com 4 a 6  sessões. 
O segredo é ter consciência na hora de fazer uma tatuagem e ter a tecnologia como aliada na hora de remover.

Standard